Youtube Link   Facebook Link Twitter Link
REVISTA A OFICINA MAIO-AGOSTO 2019 [versão digital]
 
2019, LUZ SOBRE AS PRAÇAS
Os 30 anos d´A Oficina foram ocasião para começarmos a falar, a cada quadrimestre, do que queremos do nosso presente comum. E o primeiro do ano foi um quadrimestre intenso: um fortíssimo mês de janeiro, a mais concorrida edição do GUIdance pós-Capital, um Pensamento Ameríndio muito participado, um Teatro Oficina a revolver os seus arquivos, o Teatro da Memória a fazer-se primeiro corpo e, depois, lugar, na Casa da Memória, um Westway LAB a fazer o seu caminho de experimentação. E novas ações de Mediação Cultural a darem vida e ainda mais mundo ao Museu e etc, etc, etc. 
Foi muito intenso e só seria possível com a força de trabalho que o número 1 desta revista tão bem revelou – n´A Oficina são as equipas quem mais ordena (escrevo nas vésperas do 25 de abril e acho possível a revolução)!
Também os debates foram acesos. Pouco participados (iremos trabalhar mais nisso, de debater abertamente), mas acesos. Ainda bem, porque isso quer dizer que A Oficina não é um projeto indiferente ao seu território, nem a ninguém, que provoca acesas paixões, que está no centro do debate, que esclarece que relação queremos ter, que projeta que futuro significamos. 
Um destes dias, o sol raiava na fachada do CIAJG iluminada de Pensamento Ameríndio e estava uma tarde gloriosa na praça da Plataforma das Artes. Mas noutro dia, de chuva intensa, os novos pendões brancos do Alfabeto Africano do José de Guimarães ainda projetavam luz sobre a praça. Bela metáfora: mesmo em dias desses, mais cinzentos, A Oficina deste futuro quer projetar luz sobre as praças. Abram-se as janelas, todas, luz cá para dentro, luz sobre as praças! 
João Pedro Vaz

2019, LIGHT ON THE SQUARES
A Oficina´s 30th anniversary has offered a wonderful opportunity to discuss, on a four-monthly basis, what we want from today’s world. The first four months of 2019 were extremely intense: January was particularly hectic, with the busiest ever edition of GUIdance since the 2012 Guimarães European Capital of Culture, a high level of attendance for Amerindian Thought, Teatro Oficina revolved its archives, the Theatre of Memory began and an experimental Westway LAB was hosted in the Casa da Memória. New Cultural Mediation initiatives were also launched, bringing even greater life to the Museum, etc, etc, etc. 
It was a really intense period and was only possible due to the effort highlighted in the first issue of this magazine.
It´s the teams that run the show at A Oficina (I’m writing thus just before the anniversary of the April 25, 1974 Revolution and I still think the revolution is possible)!
We also had many heated debates. Attendances could have been higher (we’re working on this, to ensure more open debate), but there was vigorous discussion. Just as well, because this means that A Oficina pays close to attention to its local context and people, igniting fierce passions. A Oficina stands at the centre of these discussions, that clarify what type of relationship we want to have, and help us project the future that we are striving to attain.
On one of these days, the sun was shining on the façade of the CIAJG, illuminating the Amerindian Thought exhibition, and it was a glorious afternoon in the public square in front of the Platform of the Arts. On another day, of intense rainfall, the new white banners of José de Guimarães´s African Alphabet exhibition cast light on the square. It was a beautiful metaphor: even on grey days, A Oficina wants to cast light on the squares. Let´s open all the windows, let the sunlight shine inside, light up the squares!
João Pedro Vaz
fechar todos
COMPRAR BILHETES
2,00 EUR
Para vós é um espetáculo sobre memória. Sobre as memórias das avós e as memórias de Cláudia Andrade sobre as suas avós.
É também uma homenagem às mulheres. Para vós é um solo, sem que o seja realmente. Porque, na sua interpretação, Cláudia Andrade não está completamente sozinha. Em cena estão também oito mulheres, que funcionam como um coro, ao jeito da tragédia clássica. As suas vozes – e as suas memórias – juntam-se à da criadora, em resultado de um processo de residência que se renova a cada apresentação do espetáculo.
 
Espetáculo apresentado no CIAJG - Centro Internacional das Artes José de Guimarães
 
SÁBADO 25 MAIO, 16H00
CDMG - Casa da Memória
SESSÃO DE REMINISCÊNCIA PARA VÓS
_
Todas as idades
Entrada gratuita, limitada à lotação do espaço

Para vós (For you) is a performance about memory – about the memories of grandparents and Cláudia Andrade’s memories of her own grandparents. It is also a tribute to women. Para vós (For you) is a solo performance, without really being so. Because Cláudia Andrade won’t be alone on stage. She is accompanied by eight women, who act like a choir, in the style of a classical tragedy. Their voices – and their memories – are combined with the artist’s, by means of an artistic residency process that is renewed in each performance.
informação adicional fechar todos
Criação e direção artística Cláudia Andrade 
Interpretação Cláudia Andrade + [Projeto Mais Vida - Nespereira] Custódia Ribeiro Martins, Clara de Fátima Batista, Maria Alice Cardante, Maria Isabel Lemos + [Projeto Candoso Ativo - Candoso S. Martinho] Maria Emília Pereira, Rosa Oliveira, Joaquina Pereira, Ana Maria Oliveira
Apoio à Encenação Montse Bonet 
Apoio à Dramaturgia Joana Bértholo 
Direção de Produção São Correia 
Vídeo e registo fotográfico Patrícia Poção 
Figurinos Ruy Malheiro 
Assistência artística Mafalda Alexandre 
Banda Sonora Fernando Mota 
Desenho de Luz Pedro Fonseca 
Design Sílvia Franco 
Coprodução A Caravana Associação Cultural, Centro de Arte de Ovar, Companhia de Actores, Centro de Artes de Águeda, Centro Cultural/Município de Lagos, Centro das Artes e do Espectáculo de Sever do Vouga
_
Duração 75 min.
Maiores de 12
COMPRAR BILHETES
15,00 EUR / 12,50 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Quando, em 2012, passou pela primeira vez pelo CCVF, Julia Holter tinha apenas um par de álbuns editados e era pouco mais do que um segredo. À explosão de reconhecimento que se seguiu a “Have You In My Wilderness” (2015), o disco em que mais claramente flirtou com a pop, a compositora respondeu com um regresso ao território mais abstrato e contemplativo que era já o de “Ekstasis”, o disco que motivou a sua primeira visita, e que agora atinge a maturidade em “Aviary”.
When she first performed in the CCVF in 2012, Julia Holter had only released two albums and was relatively unknown. She enjoyed widespread renown after releasing the album, "Have You In My Wilderness" (2015), in which she flirted with pop. In her most recent album, "Aviary", the composer has achieved a new level of maturity, returning to the more abstract and contemplative territory that was already evident in "Ekstasis".
informação adicional fechar todos
Julia Holter voz, teclas
Sarah Belle Reid trompete
Dina Maccabee violino, viola, voz
Andrew Jones contrabaixo
Tashi Wada sintetizadores, gaita de foles
Corey Fogel percussão
_
Maiores de 6
 
 
Bilheteira da responsabilidade do Cineclube de Guimarães
QUINTA 9 MAIO, 21H45
Nunca Deixes de Olhar
De Florian Henckel von Donnersmarck
Com Tom Schilling, Paula Beer, Sebastian Koch
2018 | M/14 | 188 min.
 
DOMINGO 12 MAIO, 21H45
A Mulher
De Björn Runge
Com Christian Slater, Jonathan Pryce, Glenn Close
2017 | M/12 | 100 min.
 
TERÇA 14 MAIO, 21H45
O Meu Tio
De Jacques Tati
Com Adrienne Servantie, Jacques Tati, Jean-Pierre Zola
1958 | M/12 | 110 min.
 
DOMINGO 19 MAIO, 21H45
A Queda do Império Americano
De Denys Arcand
Com Maxim Roy, Éric Bruneau, Vincent Leclerc
2018 | M/16 | 127 min.
 
QUINTA 23 MAIO, 21H45
Diamantino
De Gabriel Abrantes, Daniel Schmidt
Com Carloto Cotta, Cleo Tavares, Anabela Moreira
2018 | M/12 | 92 min.
 
DOMINGO 26 MAIO, 21H45
À Porta da Eternidade
De Julian Schnabel
Com Willem Dafoe, Rupert Friend, Mathieu Amalric, Mads Mikkelsen
2018 | M/12 | 111 min.
 
TERÇA 28 MAIO, 21H45
Aquela Loira
De Jacques Becker
Com Simone Signoret, Serge Reggiani, Claude Dauphin
1952 | M/12 | 96 min.
 
QUINTA 30 MAIO, 21H45
As Cinzas Brancas Mais Puras
De Jia Zhangke
Com Zhao Tao, Liao Fan
2018 | M/14 | 137 min.
fechar todos
A celebração do teatro em Guimarães é, este ano, mais longa do que é habitual, começando no final de maio e prolongando-se por quase três semanas. No programa, os espetáculos das companhias profissionais vão ser antecedidos pela Mostra de Amadores de Teatro, que leva os grupos não profissionais do concelho ao palco do CCVF. O Gangue de Guimarães, os alunos da Licenciatura em Teatro da Universidade do Minho e das Oficinas do Teatro Oficina também se juntam ao programa. E há formações, oficinas e encontros. É uma festa para todos os praticantes de teatro de Guimarães, sejam profissionais, amadores ou estudantes.
MAT’19 - MOSTRA DE AMADORES DE TEATRO
 
QUINTA 30 MAIO
 
21H30 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO 
DORES
CETE – CONVÍVIO E TEATRO EXPERIMENTAL 
 
SEXTA 31 MAIO
 
21H30 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO 
MÉDICO À PAULADA a partir de Molière 
GRUPO DE TEATRO DE CAMPELOS 
 
SÁBADO 1 JUNHO
 
MANHÃ E TARDE / CCVF / SALA DE ENSAIOS
OFICINA DE TEATRO 
COM GONÇALO FONSECA E NUNO PRETO
+
16H00 / CCVF / SALA DE ENSAIOS
APRESENTAÇÃO INFORMAL 
 
17H00 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO 
MARIA PARDA de Gil Vicente 
OSMUSIKE 
 
21H30 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO 
(A)TENTADOS de Martin Crimp
ATRAMA 
 
DOMINGO 2 JUNHO
 
15H00 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO 
GUARDADOR DE REBANHOS a partir de Fernando Pessoa e vários autores
ARCAP PONTE 
 
17H00 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO
QUANDO OS ANIMAIS GOVERNAM a partir de George Orwell
GRUPO DE TEATRO CITÂNIA - BRITEIROS
 
18H30 / CCVF / CAFÉ CONCERTO
DEBATE FINAL 
 
TEATRO CONTEMPORÂNEO
 
QUINTA 06 JUNHO
21H30 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO
DON JUAN ESFAQUEADO NA AVENIDA DA LIBERDADE 
PEDRO GIL 
 
SEXTA 07 JUNHO
21H30 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO
ENSEADA [ESTREIA]
MIGUEL CASTRO CALDAS
 
SÁBADO 08 JUNHO
21H30 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO
SEQUÊNCIAS NARRATIVAS COMPLETAS 
JOÃO SOUSA CARDOSO
 
DOMINGO 09 JUNHO
17H00 / CCVF
DO AVESSO 
VISITA PERFORMATIVA AOS LUGARES SECRETOS DO CCVF
MANUELA FERREIRA
 
QUINTA 13 JUNHO
21H30 / PAC / PRAÇA
A PRAÇA [ESTREIA]
GONÇALO FONSECA
OFICINAS DO TEATRO OFICINA
 
SEXTA 14 JUNHO
21H30 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO
PARLAMENTO ELEFANTE 
EDUARDO MOLINA, JOÃO PEDRO LEAL E MARCO MENDONÇA
 
SÁBADO 15 JUNHO
21H30 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO
ENSAIO PARA UMA CARTOGRAFIA 
MÓNICA CALLE
 
DOMINGO 16 JUNHO
17H00 / CIAJG 
PONTO DE FUGA 
NUNO PRETO
 
ATIVIDADES PARALELAS
 
SEGUNDA 3 A SÁBADO 8 JUNHO
CAR – CÍRCULO DE ARTE E RECREIO
OFICINA DE CRIAÇÃO A BARCA DA GLÓRIA
COM TÓNAN QUITO
+
SÁBADO 8 JUNHO [DIA GIL VICENTE]
17H00 / CAR – CÍRCULO DE ARTE E RECREIO
APRESENTAÇÃO FINAL 
 
QUARTA 5, SEXTA 7, QUARTA 12, SEXTA 14 JUNHO
CIAJG + ESPAÇO OFICINA
LAB’UM
LABORATÓRIOS DA LIC. EM TEATRO DA UNIVERSIDADE DO MINHO
 
SÁBADO 15 JUNHO
17H00 / CCVF
GANGUE DE GUIMARÃES 
SESSÃO DE TRABALHO ARTISTA NO CENTRO
PACT 2020 - NOVAS CONVOCATÓRIAS
+
18H30 / CCVF
JANTAR COM RITA MORAIS 
 
DOMINGO 16 JUNHO
18H30 / CAR – CÍRCULO DE ARTE E RECREIO
DEBATE FESTIVAIS GIL VICENTE
JANTAR CONVÍVIO COM REDE TEATRO OFICINA 
 
_
 
ASSINATURAS FESTIVAIS GIL VICENTE 
3 ESPETÁCULOS 15,00 eur | COMPRAR
5 ESPETÁCULOS 25,00 eur | COMPRAR

 

This year theatre will be celebrated in Guimarães even longer than usual. It will start at the end of May and will continue for almost three weeks. In the festival programme, the performances by professional theatre companies will be preceded by the Amateur Theatre Showcase, featuring works by the municipality’s non-professional groups that will be performed on the CCVF’s stage. The Gangue de Guimarães, the students of the University of Minho’s Theatre degree course and the workshops of the Teatro Oficina will also participate in the programme. There are training courses, workshops and encounters. It is a festival for everyone involved in the theatre in Guimarães - whether amateurs, professionals or students.
fechar todos
Uma semana antes dos espetáculos das companhias profissionais nos Festivais Gil Vicente, seis grupos de amadores de teatro de Guimarães sobem a palco no Centro Cultural Vila Flor para apresentar as suas mais recentes criações. A Mostra de Amadores de Teatro ganha um novo espaço no calendário e uma nova centralidade, retomando o que espírito histórico dos Festivais: o cruzamento entre amadores e profissionais do teatro.
QUINTA 30 MAIO
 
21H30 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO 
DORES
CETE – CONVÍVIO E TEATRO EXPERIMENTAL 
Preço 3,00 eur | COMPRAR
 
SEXTA 31 MAIO
 
21H30 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO 
MÉDICO À PAULADA a partir de Molière 
GRUPO DE TEATRO DE CAMPELOS 
Preço 3,00 eur | COMPRAR
 
SÁBADO 1 JUNHO
 
MANHÃ E TARDE / CCVF / SALA DE ENSAIOS
OFICINA DE TEATRO 
COM GONÇALO FONSECA E NUNO PRETO
+
16H00 / CCVF / SALA DE ENSAIOS
APRESENTAÇÃO INFORMAL 
Oficina gratuita para amadores de teatro da Rede Teatro Oficina 
Inscrições para redeoficina@aoficina.pt
 
17H00 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO 
MARIA PARDA de Gil Vicente 
OSMUSIKE 
Preço 3,00 eur | COMPRAR
 
21H30 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO 
(A)TENTADOS de Martin Crimp
ATRAMA 
Preço 3,00 eur | COMPRAR
 
DOMINGO 2 JUNHO
 
15H00 / CCVF / PEQUENO AUDITÓRIO 
GUARDADOR DE REBANHOS a partir de Fernando Pessoa e vários autores
ARCAP PONTE 
Preço 3,00 eur | COMPRAR
 
17H00 / CCVF / GRANDE AUDITÓRIO
QUANDO OS ANIMAIS GOVERNAM a partir de George Orwell
GRUPO DE TEATRO CITÂNIA - BRITEIROS
Preço 3,00 eur | COMPRAR
 
18H30 / CCVF / CAFÉ CONCERTO
DEBATE FINAL 
A week before the professional theatre companies’ performances during the Gil Vicente Festivals, six amateur theatre groups from Guimarães will present their latest works in the Centro Cultural Vila Flor. The Amateur Theatre Showcase (MAT) gains a new space in the annual calendar and a new central role, resuming the Festivals’ historic spirit: at the intersection between amateur and professional theatre groups.
fechar todos
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Ao contrário do que é a tradição, este Don Juan não é heroico. É ingénuo e medroso e, em lugar de enfrentar a figura do comendador, foge. Ao fazê-lo, escapa também da morte e destrói o seu próprio mito. Foi assim que o imaginou Pedro Gil, que, além de dramaturgo e encenador, é também um dos atores desta comédia.
Contrary to tradition, Don Juan isn’t heroic on this occasion. He is naive and fearful. Instead of confronting the commander, he flees. In so doing, he escapes death, but also destroys his own myth. Playwright and director, Pedro Gil, is also one of the actors in this comedy.
informação adicional fechar todos
Texto e direção artística Pedro Gil
Interpretação Filipa Matta, Miguel Loureiro, Pedro Gil, Raquel Castro, Rita Calçada Bastos e Tónan Quito
Desenho de luz Daniel Worm d’Assumpção 
Cenografia & adereços Pedro Silva 
Figurinos Catarina Graça 
Maquilhagem Jorge Bragada 
Direção de produção Raquel Castro 
Produção executiva Vítor Alves Brotas/Agência 25 
Apoio à criação Diogo Andrade 
Encadernação do adereço livro Filipa Matta 
Modelação do rosto da estátua Rute Reis 
Participação na residência artística Miguel Castro Caldas 
Apoio à execução de cenário e adereços Fernando Gil
Carpintaria Thomas Kahrel 
Assessoria de imprensa Helena César 
Fotografia de cena Mariana C. Silva 
Registo vídeo João Gambino 
Design Joana Tavares 
Tradução Ana Macedo 
Residência O Espaço do Tempo, Companhia Olga Roriz 
Coprodução Barba Azul, São Luiz Teatro Municipal, Teatro Municipal do Porto e Centro Cultural Vila Flor
Apoio República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes 
Apoios Forum Dança, Ginásio Clube Português, Oficina do Cego, Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Nacional São Carlos Patrocínios Bispos – Joaquim Augusto Bispo, Écranvia, Luís Lemos Cabeleireiros
Agradecimentos Diogo Mesquita, Eugénia Vasques, Giacomo Scalisi, Gisella Mendoza, Joana Bértholo, João Brites, João Sebastian, Jorge Silva Melo, Manuel Leitão, Nuno Rebelo, Otília Andaluz, Rui Horta, Tiago Rodrigues 
_
Duração 135 min. c/intervalo
Maiores de 16
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Das famílias felizes não costuma rezar a história, dir-se-á, como que parafraseando Tolstói, mas é sobre elas que Miguel Castro Caldas quer refletir. Como criar protagonistas que não estão em conflito?, pergunta à partida para "Enseada", espetáculo que marca o seu regresso aos Festivais Gil Vicente, depois de no ano passado aqui ter apresentado "Se Eu Vivesse Tu Morrias".
All happy families are essentially alike we might say, paraphrasing Tolstoy, but Miguel Castro Caldas nonetheless wants to reflect about such families. ´Enseada´ addresses the issue of how to create protagonists who aren’t in conflict, as they return to this year’s edition of the Gil Vicente Festivals, after last year’s presentation of If I lived You Would Die.
informação adicional fechar todos
Direção e Texto Miguel Castro Caldas
Criação Miguel Castro Caldas, Élvio Camacho, Filipe Pinto, João Caldas, Márcia Lança, Marta Félix
Interpretes Élvio Camacho, Márcia Lança, Marta Félix
Espaço Cénico Sara Franqueira
Assistência de cenografia Joana Saboeiro 
Figurinos Marta Félix
Música João Caldas
Luz Cristovão Cunha
Apoio à dramaturgia Ana Matoso
Produção Executiva Marta Moreira
Residências Materiais Diversos e CCVF
Produção Org.i.a 
Coprodução Teatro Nacional D. Maria II e Centro Cultural Vila Flor
Projeto apoiado pela República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes
_
Duração 60 min.
Maiores de 12
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
João Sousa Cardoso regressa a um lugar habitual da sua criação, a obra do escritor e pintor Álvaro Lapa. "Sequências Narrativas Completas" era o último livro do autor que lhe faltava levar à cena, o que acontece agora este espetáculo que é uma reflexão sobre a liberdade e o lugar da palavra pública em Portugal.
João Sousa Cardoso returns to one of the principal creative wellsprings of his oeuvre - the work of writer and painter Álvaro Lapa. "Sequências Narrativas Completas" (Complete Sequential Narratives) is the one book by Lapa that Sousa Cardoso hasn’t yet adapted to the stage. In this performance he explores the meaning of freedom and the place of public speaking in Portugal.
informação adicional fechar todos
Texto A partir de Álvaro Lapa
Criação e Interpretação João Sousa Cardoso
Cenografia André Sousa
Direção Técnica Miguel Ângelo Carneiro
Fotografia de Cena Maria Begasse
Produção Isalinda Santos
Assistente de Produção Ana Pinto
Coprodução Teatro Nacional D. Maria II, Teatro Nacional São João, Teatro Viriato, Centro Cultural Vila Flor, Confederação
_
Duração 60 min.
Maiores de 12
COMPRAR BILHETES
2,00 EUR
Armazéns, elevadores, corredores. Os bastidores do CCVF são o cenário e a inspiração para esta visita encenada, que mostra um lado deste centro cultural raramente visto pelo público.
Warehouses, lifts, corridors. What goes on behind the scenes at the CCVF is the inspiration for this staged visit that provides a behind-the-scenes view of this cultural centre, that is rarely seen by the public.
informação adicional fechar todos
PROJETO VENCEDOR 1ª BOLSA GANGUE DE GUIMARÃES
Encenação e Dramaturgia Manuela Ferreira*
Texto Ana Arqueiro
Intérpretes Mário Alberto Pereira*, Rita Morais* e Tiago Porteiro*
Com a participação especial Helena Ribeiro
Design de Luz Carlos Ribeiro
Design de Som Nuno Eiras
*Artistas do Gangue de Guimarães
_
Duração 90 min.
Maiores de 12
ENTRADA GRATUITA
O Teatro Oficina cruza-se com os quase 60 alunos que, ao longo deste ano, participaram nas Oficinas do Teatro Oficina para criarem um espetáculo, dirigido por Gonçalo Fonseca, em que se apropriam da praça exterior do CIAJG, antigo espaço do Mercado Municipal de Guimarães.
Over the last twelve months Teatro Oficina has been working with almost 60 students, who took part in the Teatro Oficina’s workshops to create a performance, directed by Gonçalo Fonseca, in which they appropriate the CIAJG’s exterior square, formerly occupied by Guimarães Municipal Market.
informação adicional fechar todos
Encenação Gonçalo Fonseca
Assistência de encenação Nuno Preto
Interpretação Alunos das OTO Iniciação, OTO Criação e OTO Jovens
Direção musical Samuel Martins Coelho
Figurinos Sara Vieira Marques
A partir do texto “A hora em que não sabíamos nada uns dos outros” de Peter Handke
Agradecimentos Casa da Marcha na figura da Paula e Ginasiano na figura de Sara Moreira
_
Duração c.60 min.
Maiores de 12
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Eduardo Molina, João Pedro Leal e Marco Mendonça imaginam um espetáculo com uma existência prévia: uma criação nascida no início do século XX para ser apresentada em 2019, ano em que já não haveria guerras, a democracia estaria consolidada e a arte não sofreria censura. Curioso dispositivo para pensar a arte e a política.
Eduardo Molina, João Pedro Leal and Marco Mendonça conceive a performance that has a previous existence: a work that was created in the early twentieth century to be presented in 2019, and which predicted that by 2019 would be no wars, democracy would be consolidated and art would suffer no censorship. It’s a curious way of thinking about art and politics.
informação adicional fechar todos
Criação Eduardo Molina, João Pedro Leal e Marco Mendonça 
Com Eduardo Molina, João Pedro Leal, Marco Mendonça e Mestre André
Apoio à dramaturgia Alex Cassal
Cenografia e figurinos António MV
Música e sonoplastia Mestre André 
Desenho de Luz Rui Monteiro
Assistência ao desenho de luz Teresa Antunes
Direção Técnica e apoio à produção Carolina Caramelo
Direção de Produção Mónica Talina | Teatro do Vão
Produção Teatro do Vão
Coprodução Teatro Nacional D. Maria II, Centro Cultural Vila Flor e O Espaço do Tempo
Apoio à criação Fundação GDA
Agradecimentos Américo, Luísa, Tudo Faço, Ana Silva, Lara Bernardo, Magda Bizarro, Maria Jorge, Miguel Moreira
Espetáculo criado com o apoio da Bolsa Amélia Rey-Colaço, uma iniciativa do Teatro Nacional D. Maria II, Centro Cultural Vila Flor e O Espaço do Tempo
_
Duração 90 min.
Maiores de 12
COMPRAR BILHETES
7,50 EUR / 5,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
Em cena estão 12 atrizes sem qualquer experiência de dança anterior, mas dançam. Fazem-no a partir de música clássica (Ravel) e de movimentos de ballet. Mónica Calle testa os limites do teatro e da dança, com o corpo no centro deste espetáculo que ressurge numa nova montagem, quase quatro anos depois da sua estreia, em resultado de uma carreira fulgurante junto do público e da crítica.
On stage we will see 12 actresses who have no previous dance experience, who will perform ballet movements, accompanied by classical music (Ravel). Mónica Calle will test the limits of theatre and dance, placing the body at the centre of this performance, that reappears in a new format, almost four years after its debut, after tremendous critical acclaim and audience response.
informação adicional fechar todos
Direção Mónica Calle
Intérpretes Ana Água, Cleo Tavares, Eufrosina Makengo, Lucília Raimundo, Mafalda jara, Maria Inês Roque, Miu Lapin, Mónica Calle, Mónica Garnel, Roxana Lugojan, Sílvia Barbeiro, Sofia Vitória   
Apoio Musical Rodrigo B.Camacho
Desenho de Luz José Álvaro Correia
Operação Luz  Renato Marinho 
Operação som José Miguel Vitorino 
Assistência de Encenação Inês Vaz e José Miguel Vitorino 
Produção Inês Vaz
Vídeo Marcelo Pereira
Fotografia Bruno Simão 
Outras intérpretes  de "Ensaio para uma Cartografia" Brígida Sousa, Carolina Varela, Inês Pereira, Inês Vaz, Joana Campelo, Joana de Verona, Marta Félix, Sofia Dinger 
Produção Casa Conveniente / Zona Não Vigiada
Coprodução Teatro Nacional D. Maria II
_
Duração 1h45min.
Maiores de 16
COMPRAR BILHETES
2,00 EUR
Esta é uma viagem performativa que visita o Centro Internacional das Artes José de Guimarães. Os visitantes são autorizados a deixar escapar o olhar para onde, normalmente, não olham e a deixar passar o corpo para onde ele, normalmente, não mexe.
A performance-based trip that visits the José de Guimarães International Centre for the Arts. Visitors will be able to peer into areas that they normally don’t see, and move through places that they normally can’t visit.
informação adicional fechar todos
Direção e Dramaturgia Nuno Preto, a partir de textos das edições do CIAJG
Conceção Plástica Sara Vieira Marques
Interpretação Ángela Diaz Quintela e Gil Mac
_
Duração 90 min.
Maiores de 12
Gil Vicente é a matéria a partir da qual o ator e encenador Tónan Quito constrói esta oficina de criação, onde se questionam as possibilidades de construções de discursos contemporâneos a partir dos textos vicentinos.
SEG 3 A SEX 7 JUNHO
19h00-24h00 (exceto dia 5, a definir) / CAR 
SÁB 8 JUNHO
10h00-17h00 / CAR 
OFICINA DE CRIAÇÃO A BARCA DA GLÓRIA
COM TÓNAN QUITO
+
SÁB 8 JUNHO [DIA GIL VICENTE]
17h00 / CAR 

APRESENTAÇÃO FINAL
 
ATÉ 15 ATORES PROFISSIONAIS E/OU ALUNOS DE TEATRO 
Maiores de 18
Oficina gratuita para membros da Rede Teatro Oficina
Outros participantes 5,00 eur
Inscrições: redeoficina@oficina.pt
Gil Vicente is the core subject matter that the actor and director Tónan Quito will use to build this creative workshop, that questions the possibilities of constructing contemporary discourses from Gil Vicente’s texts.
fechar todos
Os alunos de teatro da Universidade do Minho juntam-se, pela primeira vez, à festa do teatro em Guimarães. Durante os Festivais Gil Vicente, os finalistas da licenciatura apresentam quatro produção originais independentes. Há ainda três laboratórios curriculares do curso no programa.
QUARTA 5 JUNHO
21H30 / CIAJG / BLACK BOX 
HABITAT. NUM MUNDO QUE NÃO ESTE POR SERES QUE NÃO HUMANOS 
LUIS PEIXOTO VILAR
+
EGO 
ANDRÉ PINTO
 
QUARTA 12 JUNHO
21H30 / CIAJG / BLACK BOX 
TEMOS TEMPO 
BEATRIZ BIZARRO
+
SOBRE LETRAS
ANA SANDRINA
 
ESTUDOS EM INTERPRETAÇÃO 4 - 3º ANO
TIAGO MORA PORTEIRO
_
 
SEXTA 7 JUNHO
17H00 / ESPAÇO OFICINA 
LUGAR DE CONTACTOS
LAB 2 - 1º ANO
JOANA PROVIDÊNCIA
 
DOMINGO 9 JUNHO
21H30 / ESPAÇO OFICINA
TEATRO E MÚSICA
3º ANO
PEDRO TELLES
 
SEXTA 14 JUNHO
17H00 / ESPAÇO OFICINA 
PARÁGRAFO
LAB 4 - 3º ANO
PATRÍCIA PORTELA
For the first time ever, the University of Minho’s theatre students will participate in Guimarães’ theatre festival. During the Gil Vicente Festivals, the final year undergraduate students will present four original independent productions. The programme also includes three curricular laboratories from the course.
fechar todos
Depois de lançar um desafio aos artistas do Gangue de Guimarães para que apresentassem um projeto de desenvolvimento artístico para um período de três anos, o programa Artista no Centro apresenta publicamente as propostas escolhidas e abre caminho a novas convocatórias.
SÁBADO 15 JUNHO
17H00 / CCVF
GANGUE DE GUIMARÃES 
SESSÃO DE TRABALHO ARTISTA NO CENTRO
+
18H30 / CCVF
JANTAR COM RITA MORAIS
 
ATÉ 10 ARTISTAS DO GANGUE
 
After launching a challenge to the artists of the Gangue de Guimarães to present an artistic development project for a 3-year period, the Artist in the Centre programme will publicly presents the chosen proposals and opens the way to new calls.
fechar todos
Todos os encontros merecem ser fechados em festa. No último dia dos Festivais Gil Vicente, a comunidade teatral de Guimarães é convidada a rumar ao Círculo de Arte e Recreio para uma conversa e um jantar – mais um momento de convívio entre os praticantes de teatro.
DOMINGO 16 JUNHO
18H30 / CAR - CÍRCULO DE ARTE E RECREIO
DEBATE FESTIVAIS GIL VICENTE
+  
JANTAR CONVÍVIO COM REDE TEATRO OFICINA 
GANGUE DE GUIMARÃES
ALUNOS DA LIC. EM TEATRO DA UNIVERSIDADE DO MINHO
GRUPOS DE AMADORES DE TEATRO
ALUNOS DAS OTO’S
 
ATÉ 40 PARTICIPANTES
Inscrições (preferencialmente em grupo): redeoficina@aoficina.pt
All encounters deserve to end with a celebration. On the final day of the Gil Vicente Festivals, Guimarães’ theatre community is invited to visit the Círculo de Arte e Recreio to take part in a conversation followed by a dinner - another moment of conviviality for theatre practitioners.
fechar todos
ENTRADA GRATUITA*
*limitada à lotação da sala

Perto de 400 crianças e cerca de uma dezena de escolas vimaranenses juntam-se no Grande Auditório do CCVF para interpretar em conjunto A de Brossa, uma peça com música de Eduardo Iniesta e poemas de Joan de Brossa, figura importante das letras catalãs no século XX, e Miguel Desclot, que ensaiaram ao longo do ano letivo. O projeto Cantania nasceu há quase 30 anos, por iniciativa do serviço educativo do L´Auditori de Barcelona, tendo-se estendido a várias cidades em Espanha, México, Venezuela e Alemanha. Chegou a Guimarães há três anos pela mão do Conservatório de Guimarães.

 

Nearly 400 children and about a dozen schools in Guimarães will jointly perform a choral musical work in the CCVF´s Grand Auditorium to play together A de Brossa, a play with music by Eduardo Iniesta and poems by Joan de Brossa and Miguel Desclot, which they have rehearsed throughout the school year. The Cantania project began almost 30 years ago, at the initiative of the educational service of L´Auditori in Barcelona, and has been extended to several cities - in Spain, Mexico, Venezuela and Germany. It began in Guimarães three years ago at the initiative of the Conservatório de Guimarães.
informação adicional fechar todos
Música Eduardo Iniesta
Poemas Joan de Brossa/ Miguel Desclot
Participantes Escolas de Ensino Básico do Concelho de Guimarães 
Direção Musical Montse Meneses
Direção Cénica e Dramaturgia Marta Gil 
Organização Município de Guimarães / SMS-Conservatório de Guimarães 
Produção L´Auditori (Barcelona)
_
Duração 60 min.
Maiores de 6
Bilheteira da responsabilidade do Cineclube de Guimarães
DOMINGO 2 JUNHO, 21H45
Se Esta Rua Falasse
De Barry Jenkins
Com KiKi Layne, Stephan James, Regina King
2018 | M/14 | 119 min.
 
DOMINGO 9 JUNHO, 21H45
Os Irmãos Sisters
De Jacques Audiard
Com John C. Reilly, Joaquin Phoenix, Jake Gyllenhaal
2018 | M/14 | 121 min.
 
DOMINGO 16 JUNHO, 21H45
O Culpado
De Gustav Möller
Com Jakob Cedergren, Jessica Dinnage, Omar Shargawi
2018 | M/14 | 85 min.
 
TERÇA 18 JUNHO, 21H45
O Intendente Sansho
De Kenji Mizoguchi 
Com Kinuyo Tanaka, Kyoko Kagawa, Yoshiaki Hanayagi
1954 | M/12 | 88 min.
 
QUINTA 20 JUNHO, 21H45
A Pereira Brava
De Nuri Bilge Ceylan
Com Dogu Demirkol, Murat Cemcir, Bennu Yildirimlar, Hazar Ergüçlü
2018 | M/14 | 188 min.
 
QUINTA 27 JUNHO, 21H45
A Portuguesa
De Rita Azevedo Gomes
Com Clara Riedenstein, Marcello Urgeghe, Ingrid Caven 
2018 | M/12 | 136 min.
 
DOMINGO 30 JUNHO, 21H45
Lucia Cheia de Graça
De Gianni Zanasi
Com Alba Rohrwacher, Elio Germano e Hadas Yaron  
2018 | M/12 | 110 min.
fechar todos
Bilheteira da responsabilidade do Cineclube de Guimarães
É uma nova proposta para o público infantil e as famílias: uma vez por mês, o Cineclube de Guimarães escolhe um filme dirigido a crianças, numa programação onde o cinema de animação terá um lugar de destaque.
Desde a abertura do CCVF, em 2005, que a programação de cinema nos espaços d’A Oficina é feita por esta associação cultural que, antes disso, era já responsável, desde a sua fundação, em 1958, pela formação de gerações de cinéfilos, com uma programação regular, que desta forma se alarga.
 
SÁBADO 22 JUNHO, 17H00
Astérix: O segredo da Poção Mágica
De Alexandre Astier, Louis Clichy
Com Eduardo Madeira (Voz), Manuel Marques (Voz), Bárbara Bandeira (Voz)
2018 | M/6 | 105 min.

This is a new proposal for families and children: once a month, the Cineclube de Guimarães will choose a film intended for children, in a programme which focuses on animation cinema. Since the inauguration of the CCVF in 2005, this cultural association has overseen the film programme of the spaces of A Oficina. Since it was founded in 1958 the Cineclube de Guimarães has introduced generations of cinemagoers to the world of cinema, with a regular schedule of screenings, that is further broadened by this initiative.
fechar todos
TERÇA 25 A SEXTA 28 JUNHO
CIAJG
MUSEUMUNDO: UM LUGAR POR IMAGINAR
AMANDA SUZUKI E LUDGERO ALMEIDA 
 
O CIAJG pode ser um museu maior do que o mundo. Cada uma das suas salas será um local de paragem, para pensar, partilhar e produzir acerca de imagens, mapas, coleções e coletivos, numa oficina guiada pelos artistas visuais Amanda Suzuki e Ludgero Almeida.
 
OFICINA DE EXPRESSÃO PLÁSTICA, PENSAMENTO E CURADORIA
Preço 24,00 eur (sem almoço) / 44,00 eur (com almoço)
Inscrição até 17 junho, através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt 
 
_
 
SEGUNDA 01 A SEXTA 05 JULHO
CCVF
DE PARTE A PARTE 
SOFIA ENCARNAÇÃO E CLARA ALVIM 
TEATRO DA DIDASCÁLIA – VAUDEVILLE RENDEZ-VOUS 
 
Com o festival Vaudeville Rendez-Vous como pano de fundo, a artista e formadora do Instituto Nacional de Artes Circenses Sofia Encarnação trabalha algumas das técnicas do novo circo com os participantes desta oficina, explorando capacidades físicas e criatividade, com a colaboração da professora e ballet e produtora Clara Alvim.
 
OFICINA DE ARTES CIRCENSES
Preço 30,00 eur (sem almoço) / 55,00 eur (com almoço)
Inscrição até 24 junho, através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt
ESGOTADA
 
_
 
SEGUNDA 08 A SEXTA 12 JULHO
CCVF
UMA OFICINA ANIMADA
IGOR GANDRA
TEATRO DO FERRO
 
O interesse do Teatro de Ferro pela manipulação de objetos reforçou-se nos últimos dois anos, com o ciclo A Revolta dos Objetos, que já tinha trazido em Guimarães a Objetoteca Popular Itinerante, que se apresentou no verão passado no espaço exterior do CIAJG, prolongando-se este ano com uma conferência animada. Nesta oficina, a companhia partilha com os seus participantes este seu fascínio pelas coisas.
 
OFICINA DE TEATRO COM OBJETOS
Preço 30,00 eur (sem almoço) / 55,00 eur (com almoço)
Inscrição até 1 julho, através de telefone 253424700 ou e-mail mediacaocultural@aoficina.pt
ESGOTADA
 
_
 
Público-alvo 6-12 ANOS
Lotação 16 participantes (cada semana)
Horário Acolhimento 09h00-10h00
Oficina 10h00-12h30 e 14h30-16h30 
Saída 17h00-18h00
 
INSCRIÇÕES EM 2 SEMANAS
Semana 1 + Semana 2/3
44,00 eur (sem almoço) / 89,00 eur (com almoço)
Semana 2 + Semana 3
50,00 eur (sem almoço) / 100,00 eur (com almoço)

INSCRIÇÕES EM 3 SEMANAS
64,00 eur (sem almoço) / 134,00 eur (com almoço)
fechar todos
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR
A Asas de Palco – Escola de Artes Performativas, em coprodução com o CCVF, apresenta "A páginas tantas, a tua vida do avesso!", um espetáculo que junta movimento e palavra, com interpretação e cocriação de alunos e ex-alunos.
Uma tarde. De domingo. Igual a tantas outras. Aborrecida.
Mas quando um visitante imprudente deixa as páginas abrirem-se ao sabor do acaso, as primeiras a escapulirem-se são as palavras. 
E se as palavras ganharem vida e te virarem a vida do avesso?
Será uma noite de sábado. Com palavras. Com movimento. 
informação adicional fechar todos
Direção Artística Vânia Soares Barbosa
Encenação Eva Ribeiro
Textos Eva Ribeiro e Francis Brosseron
Coreografia Natacha Cunha, Sofia Ribeiro, Vânia Soares Barbosa
Interpretação e cocriação Alunos e ex-alunos de Asas de Palco, Escola de Artes Performativas
Desenho de Luz Luís Bastos
Cenografia Isabel Roque, Francis Brosseron, Vânia Soares Barbosa
Assistência à Produção Mariana Silva, Sara Xavier
Coprodução Asas de Palco - Escola de Artes Performativas, Centro Cultural Vila Flor
_
Duração 75/90 min.
Maiores de 6
COMPRAR BILHETES
2,00 EUR
Num tempo em que há protagonistas públicos a proclamar que “menino veste azul e menina veste rosa”, este espetáculo em que Catarina Requeijo questiona os estereótipos de género e o modo como, de forma mais ou menos voluntária, estes são reforçados na educação das crianças – na família, na escola e em outros espaços da sua formação. Uma criação pensada para público dos três aos seis anos, mas também para pais e educadores.
Sessões
Sexta 5 julho, 15h00
Sábado 6 julho, 11h00 e 15h00

At a time when some people still say that "boys wear blue and girls wear pink", in this performance Catarina Requeijo questions gender stereotypes and how, more or less voluntarily, they tend to be reinforced during children’s education - in the family, in schools and in other educational contexts. A work intended for children aged 3-6 and also for parents and educators.
informação adicional fechar todos
Encenação Catarina Requeijo 
Interpretação Marta Cerqueira e João Nuno Monteiro 
Cenografia e figurinos Maria João Castelo 
Desenho de luz José Álvaro Correia 
Pesquisa em contexto escolar Catarina Requeijo e Vera Alvelos 
Assessoria artística Miguel Fragata
Produção Maria João Santos 
Coprodução Formiga Atómica Associação Cultural, Teatro São Luiz, Centro de Artes de Ovar, Centro Cultural Vila Flor e Cine-Teatro Louletano  
_
Duração 40 min.
Maiores de 3
2,00 EUR / 1,00 EUR c/d
Preços com desconto (c/d)
Cartão Jovem, Menores de 30 anos e Estudantes
Cartão Municipal de Idoso, Reformados e Maiores de 65 anos
Cartão Municipal das Pessoas com Deficiência; Deficientes e Acompanhante

Cartão Quadrilátero Cultural_desconto 50%
A Sonoscopia apresenta uma exposição que parte da ideia de “colecionismo sónico”. O som e a música podem provir de qualquer lugar, desde objetos inusitados ou partes em construção de instrumentos até às instalações sonoras construídas pelos membros deste coletivo a partir de coisas tão díspares como computadores ou gavetas de madeira.
Horário da Exposição
terça a sábado
10h00-13h00
14h00-19h00
 
Sonoscopia will inaugurate an exhibition based on the idea of “sound collecting”.
Sound and music can come from anywhere – from unusual objects, or instrument parts under construction, to the sound installations built by members of this collective using a wide array of different objects, such as computers or wooden drawers. 
fechar todos
Bilheteira da responsabilidade do Cineclube de Guimarães
DOMINGO 14 JULHO, 21H45
Noites Mágicas
De Paolo Virzi
Com Mauro Lamantia, Giovanni Toscano, Ornella Muti
2018 | M/12 | 125 min.
 
QUINTA 18 JULHO, 21H45
Na Fronteira
De Ali Abbasi
Com Eva Melander, Eero Milonoff, Jörgen Thorsson, Ann Petrén
2018 | M/12 | 110 min.
fechar todos
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR / 7,50 EUR c/d
Aline Frazão é angolana e na sua música cabe certamente o semba, mas também a morna de Cabo Verde e a bossa do Brasil, num cruzamento que dá a esta compositora um lugar particular.
Estas influências são bem evidentes em “Dentro da Chuva”, o seu quarto disco, tido como uma das melhores edições que saíram em Portugal no ano passado e que agora apresenta na Black Box do CIAJG. A cantora e compositora não estará sozinha. Consigo toca também um trio composto por Jéssica Pina (trompete e flugelhorn), Mayó (baixo) e Ivan Campillo (percussão). O concerto de Aline Frazão inaugura Terra, um ciclo de programação de músicas do mundo, construído em parceria com a Capivara Azul – Associação Cultural, que vai buscar inspiração à coleção permanente do Centro Internacional das Artes José de Guimarães – não apenas às peças de arte africana e pré-colombiana, mas também às obras do artista plástico que dá nome ao museu. Foi precisamente em Angola que José de Guimarães se começou a definir como artista e esse é o motivo pelo qual a programação de Terra é inaugurada por Aline Frazão. 
O ciclo prolonga-se até ao final do ano com outros dois concertos. Em setembro (dia 28) apresenta-se, em estreia absoluta em Portugal, Otim Alpha, músico que pegou na música tradicional de casamento do Norte do Uganda, o Acholi, e transformou-a num novo género, uma versão híper-frenética e eletrónica, crismada como Acholitronix. É festa garantida.
A partir da Europa, mas a olhar para outras latitudes – da bacia do Mediterrâneo a África – criam os Zulu Zulu, banda baseada em Palma de Maiorca, em Espanha. Com uma iconografia própria, quase teriantrópica, vão estar em residência artística no CIAJG e no Centro de Criação de Candoso a preparar novo material que será estreado no concerto marcado para 23 de novembro.
 
PRÓXIMOS CONCERTOS
 
SÁBADO 28 SETEMBR0, 21H30
CIAJG / BLACK BOX
OTIM ALPHA 
(UGANDA)
7,00 eur / 5,00 eur c/d | COMPRAR
 
SÁBADO 23 NOVEMBRO, 21H30
CIAJG / BLACK BOX
ZULU ZULU 
(ESPANHA)
7,00 eur / 5,00 eur c/d | COMPRAR
 
PASSE TERRA [3 CONCERTOS] 20,00 eur | COMPRAR

Aline Frazão is Angolan and her music certainly includes influences of semba, but also morna from Cape Verde and bossa from Brazil, at a crossroads that creates a distinctive mark for this composer. These influences are evident in her fourth album, “Dentro da Chuva” (Inside the Rain), considered to be one of the best albums released in Portugal last year and that is now presented in the CIAJG’s Black Box. The singer and songwriter won’t be alone. She will be joined by a trio consisting of Jéssica Pina (trumpet and flugelhorn), Mayó (bass) and Ivan Campillo (percussion). Aline Frazão’s concert inaugurates Terra, a world music programme developed in partnership with Capivara Azul - Cultural Association, which will seek inspiration from the permanent collection of the José de Guimarães International Centre for the Arts - not just African and pre-Columbian art works, but also works by José de Guimarães himself. It was precisely in Angola that the latter began to define himself as an artist, which is why the Terra cycle will be inaugurated by Aline Frazão. This cycle continues until the end of 2019 with two further concerts. On 28 September, there will be a world premiere of Otim Alpha, a musician who took traditional wedding music from Northern Uganda, the Acholi, and transformed it into a new genre, hyper-frenetic and electronic, acclaimed as Acholitronix. It´s guaranteed entertainment!
Zulu Zulu, based in Palma de Mallorca, Spain, is from Europe, but looks towards other latitudes - from the Mediterranean basin to Africa. With their own iconography, almost theriantropic, the band will take part in an artistic residency in the CIAJG and in the Candoso Creation Centre to prepare new material that will be premiered in the concert on November 23.
informação adicional fechar todos
Aline Frazão voz, guitarra e kissange
Jessica Pina trompete e flugelhorn
Mayó baixo
Ivan Campillo percussão
_
Duração c. 60 min.
Maiores de 6
COMPRAR BILHETES
10,00 EUR
A Academia de Bailado de Guimarães, em coprodução com o CCVF, apresenta "Ligno", uma criação dirigida por cinco professoras da Academia e que conta com a participação de todos os alunos de dança clássica, danças urbanas e dança contemporânea.
Quando a natureza te conta uma história e a transformas numa canção de embalar, adormeces num sono solto onde o sonho tem lugar. Nesse sonho vês lá em cima algo que queres alcançar mas quando chegas ao topo ainda tens muito para caminhar. O que há para lá da colina dá-te agora um novo olhar. Queres estar perto e estás tão longe.... afinal é só a sonhar.
informação adicional fechar todos
Coreografia Helena Sousa, Inês Donas, Luísa Ferreira, Maria Soares e Rute Ferreira
Desenho de Luzes Ricardo Santos
Sonoplastia Estúdio Alfaiate 
Textos Helena Sousa e alunas da academia
Fotografia Madalena Gonçalves 
Audiovisuais Imagem Curiosa  
Operação de Som, Iluminação e Audiovisuais CCVF
Adereços, Cenários e Figurinos Ballet Rosa, Helena Sousa, Milita Marinho
Coprodução Academia de Bailado de Guimarães e Centro Cultural Vila Flor
_
Duração 90 min.
Maiores de 3
COMPRAR BILHETES
25,00 EUR
1ª Plateia
23,00 EUR
2ª Plateia
Os Nouvelle Vague regressam a Portugal para celebrar o 15º aniversário do lançamento do primeiro disco. Banda de culto desde 2004, os Nouvelle Vague têm uma relação especial com o público português, esgotando concertos a cada passagem. Nesta nova visita a Guimarães, a banda de Marc Collin e Olivier Libaux sobe ao palco do CCVF para nos presentear com uma tournée acústica de temas clássicos e outros inéditos, interpretados pelas suas vocalistas mais icónicas e acarinhadas, Phoebe Killdeer e Melanie Pain.
informação adicional fechar todos
Marc Collin teclas
Olivier Libaux guitarra
Melanie Pain voz
Phoebe Killdeer voz
_
Duração 60 min.
Maiores de 6
Até 9 junho
[1º Ciclo Expositivo 2019] 
Pensamento Ameríndio
 
Salas #12-13
Variações do Corpo Selvagem: Eduardo Viveiros de Castro, Fotógrafo
Curadoria de Eduardo Sterzi e Veronica Stigger

Salas #9-11
Carõ - Multidões da Floresta
Uma Exposição de João Salaviza e Renée Nader Messora

Salas #2, 4, 5 e 8
Clareira
Manuel Rosa

Sala #2
A Morte de Ubu
João Louro
_
 
Sábado 18 maio, 10h00-24h00
Dia Internacional dos Museus
 
11h00
Oficina para Famílias
Máquina de Fazer Museus
Outro Eu
Gonçalo Fonseca

17h00
Visita Performativa
Ponto de Fuga
Nuno Preto

21h30 [Partida da CDMG]
À Noite Vê-se Melhor
Visita Noturna à CDMG e ao CIAJG
_
 
Quinta 23 maio, 18h00
Conferência
A Construção d`A Casa da Doutora Farnsworth
Joana Couceiro, Arquiteta
Mariana Rio, Ilustradora

Sexta 24 maio, 16h00
Sábado 25 maio, 21h30
Para vós 
Cláudia Andrade

Sábado 8 junho, 18h30
Conversa com José Tolentino Mendonça
Sobre "Clareira", de Manuel Rosa

Quinta 13 junho, 21h30
A Praça [Festivais Gil Vicente]
Gonçalo Fonseca
Oficinas do Teatro Oficina

Domingo 16 junho, 17h00
Ponto de Fuga [Festivais Gil Vicente]
Nuno Preto

Terça 25 a Sexta 28 junho
Oficinas de Férias de Verão 2019
MuseuMundo: Um Lugar Por Imaginar
Amanda Suzuki e Ludgero Almeida

Sábado 29 junho, 17h00
Conferência com Emanuele Coccia
_
 
29 junho a 6 outubro
[2º Ciclo Expositivo 2019] 
 
Inauguração às 21h30 
 
Geometria Sónica
Francisco Janes, Francisco Queimadela e Mariana Caló, Jonathan Uliel Saldanha,
Laetitia Morais, Manon Harrois, Miguel Leal, Mike Cooter, Pedro Tropa,
Pedro Tudela, Ricardo Jacinto, Sara Bichão , Tomás Cunha Ferreira
 
Carlos Bunga
Arquitetura da vida

Sábado 29 junho, 23h00
Noite Sónica
Performances de Pedro Tropa e Ricardo Jacinto, Manon Harrois 
Concertos de Francisco Janes, Yomás Cunha Ferreira, Pedro Tudela

Domingo 30 junho, 11h00
Máquina de Fazer Museus  
Ver o Invisível
Nuno Preto

Sábado 20 julho, 21h30
Aline Frazão
Terra - Ciclo de World Music
 
 
>> Toda a informação em www.ciajg.pt
fechar todos
Sábado 18 maio, 10h00-24h00
Dia Internacional dos Museus

11h00
Visita-jogo  
Auxiliar de Memória
Onda Amarela
 
15h00
Exposição  
Oficina Excêntrica  
Cristina Cunha

21h30 [Partida da CDMG]  
À Noite Vê-se Melhor  
Visita Noturna à CDMG e ao CIAJG
_
 
Sexta 24 maio,19h00  
Prisma #2
Duarte Belo

Domingo 26 maio, 11h00  
Domingos em Casa   
Pergunta ao Tempo
Francisco Neves

Terça 28 e Quarta 29 maio, 10h00 e 14h00   
Inauguração da Exposição
Pergunta ao Tempo

Quinta 30 maio, 19h00  
Memórias da Memória
Tiago Baptista  
 
Sábado 15 junho, 15h00
Caminhos em Volta  
São Torcato

Segunda 17 junho, 19h00  
Apresentação da Investigação da Romaria a São Torcato   
 
Domingo 23 junho, 11h00  
Domingos em Casa  
Histórias de Cântaros e Cantarinhas
Maria Fernanda Braga

Sexta 12 e Sábado 13 julho, 15h00  
Oficina de Olaria no Pátio
na Loja Oficina  
 
Sábado 20 julho, 15h00
Caminhos em Volta  
Marginália

Terça 30 julho, 18h00  
Centenário da Morte do Conde de Margaride  
Cartografia de um Retrato  
 
Todo o ano
Território e Comunidade
Exposição Permanente
 
>> Toda a informação em www.casadamemoria.pt
fechar todos
2009 © Design Martino&JañaDesign | Programação Webprodz | Optimizado para resoluções superiores a 1280x800